^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

O micro-ondas afeta a qualidade da comida?

O micro-ondas afeta a qualidade da comida?

A praticidade do micro-ondas fez com que esse eletrodoméstico se tornasse um equipamento quase obrigatório nas cozinhas do Brasil e do mundo. Mas desde que surgiram, eles são motivos de desconfiança e mitos; muitas pessoas temem que o micro-ondas possa prejudicar a nossa saúde.

O principal ponto de discussão é a radiação do micro-ondas. Quando ficamos perto do micro-ondas em funcionamento, essa radiação pode afetar o corpo humano? Ela interfere na qualidade dos alimentos? Algumas pessoas afirmam sentir diferença no gosto e na textura da comida, mas este é um indicativo de que os alimentos perdem valor nutricional?

Para sanar estas dúvidas e deixar claro o que é mito e o que é verdade, preparamos este artigo para você. A seguir, saiba se o micro-ondas afeta a qualidade da comida, e fique bem informado sobre as normas de segurança do eletrodoméstico.

O micro-ondas faz mal à saúde?

Afinal, o micro-ondas faz mal à saúde? A palavra “radiação” pode causar espanto e até um certo terrorismo, mas a resposta é não. A radiação do micro-ondas não é ionizante, o que significa que a sua frequência é baixa e não possui o potencial para alterar as células humanas.

Além disso, o eletrodoméstico é montado com uma caixa interna metálica que impede que a radiação escape. Portanto, se o micro-ondas estiver funcionando corretamente, não existe perigo algum para o corpo humano.

Caso fossemos atingidos diretamente por essa radiação em níveis mais altos, ela poderia causar graves queimaduras. Mas os aparelhos são montados com várias camadas de segurança para blindar o “vazamento” da radiação do micro-ondas (não funcionam com a porta aberta, por exemplo), então podemos ficar tranquilos.

Micro-ondas e os nutrientes dos alimentos

Existe sim uma perda de nutrientes e vitaminas da comida no micro-ondas, mas este resultado não é exclusivo do uso do eletrodoméstico, e sim de todo e qualquer processo de aquecimento de um alimento.

O aquecimento faz com que algumas vitaminas, como as vitaminas C, B6 e B12, se decomponham, e as proteínas se "desnaturalizem"; ou seja, faz com que diversos alimentos, em especial as verduras, percam propriedades.

Isso tudo também vai depender do tempo de preparo e da temperatura usada.

Micro-ondas vs cozimento a vapor

Não existe uma grande diferença entre o cozimento pelo micro-ondas e o cozimento de forma tradicional, a vapor. O que temos que entender, é claro, é que existe uma diferença entre cozinhar e apenas aquecer.

Normalmente apenas esquentamos a comida no micro-ondas, ou seja, ela já passou pelo processo de cozimento. Isso significa que estamos submetendo os alimentos a um segundo aquecimento, e que os alimentos irão, naturalmente, perder ainda mais nutrientes. Por isso a sensação de mudança de gosto e textura da comida.

Isso não significa que esquentar a comida novamente a vapor preserve mais os nutrientes. A perda de vitaminas e nutrientes existe em qualquer processo de aquecimento, inclusive na água.

A maneira mais segura de preservar as propriedades nutricionais do alimento é fazer com que o tempo de cozimento seja o menor possível. Lave o alimento rapidamente antes de começar a cozinhar, espere a água ferver totalmente antes de submergir o alimento (isso diminuirá o tempo de cozimento) e aproveite a água dos alimentos cozidos para preparar outras refeições, como sopas.

Normas de segurança

Os perigos relacionados ao uso do micro-ondas só existem quando há mau uso do eletrodoméstico. Por isso fique atento às normas de segurança e entenda que nem todos os alimentos podem ir ao forno micro-ondas.

Alimentos que possuem pele, casca ou qualquer outra película natural protetora correm o perigo de explodir devido à pressão interna. Isso pode causar desde pequenos contratempos, como sujeira, até acidentes mais graves, como queimaduras.

Quando falamos dos recipientes que podem ser aquecidos no micro-ondas, apenas vidro e cerâmica são seguros. Plásticos, além de derreterem, podem liberar substâncias cancerígenas, como os solventes usados na produção do recipiente. Os plásticos também são os grandes vilões quando falamos sobre a diferença de cheiro, gosto e textura das comidas.

Tome cuidado: recipientes ou embalagens de metal, alumínio, e palhas de aço, por serem condutores de eletricidade, podem fazer com que o aparelho eletrodoméstico pegue fogo, e até explodir.
Uma vida saudável é aquela sem exageros, portanto, o micro-ondas não faz mal quando usado com moderação. É importante evitar se alimentar apenas de refeições requentadas, mas aquecer ligeiramente a sobra de um almoço não irá causar uma diferença nutricional que realmente surpreendente.

Quer saber mais sobre como manter uma vida saudável? Confira outros artigos e dicas aqui no blog da Pax Bahia.

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar